Retração no número de novos negócios no estado já chega a 2,5% em relação ao primeiro trimestre de 2020 

O número de pequenos negócios abertos em Minas Gerais no mês de março caiu 24% em relação ao mesmo mês do ano passado, somando 23.997 novos empreendimentos. A queda foi de 8% em relação a fevereiro e de 40% na comparação com janeiro deste ano, de acordo com levantamento do Sebrae Minas a partir de dados da Receita Federal.

A abertura de pequenos negócios este ano já apresenta uma retração de 2,52% em relação ao primeiro trimestre de 2020. Até março, eram 90.817 novos empreendimentos registrados no estado. “Apesar do resultado positivo em janeiro, quando tivemos um boom de abertura de pequenos negócios, com mais de 40 mil novos registros, estamos prestes a repetir os piores momentos da pandemia para o segmento em 2020”, afirma Felipe Brandão, gerente da Unidade de Inteligência Empresarial do Sebrae Minas.

Segundo o economista, por conta do aumento dos casos de covid no estado e das medidas mais restritivas de funcionamento de atividades do comércio e serviços, “a tendência continua sendo de queda da atividade econômica nos próximos meses”, avalia.

Já o número de pequenos negócios encerrados em Minas Gerais no primeiro trimestre de 2021 totaliza 31.080 empreendimentos, número 13% menor que o contabilizado no mesmo período de 2020. A grande maioria (98%) dos negócios fechados são Microempreendedores Individuais (MEI) e Microempresas (ME). Os MEI também são a maioria (82%) entre os pequenos negócios abertos neste ano.


0 comentário

Deixe uma resposta

error: