Empresário mineiro Manoel Bernardes abre o jogo no novo episódio do podcast do Sebrae Minas e conta os segredos para empreender no mercado de luxo

No Brasil, o mercado de luxo deve movimentar cerca de R$29 bilhões até 2023, de acordo com um estudo feito pela Euromonitor International. Nem mesmo a pandemia foi capaz de desanimar os consumidores deste segmento. Segundo a JHSF Participações (JHSF3) as vendas de produtos de alto valor aumentaram em torno de 50% no meio de 2021 se comparado a 2019. Um mercado promissor que chama a atenção de muitos empreendedores, e por isso é assunto do episódio desta semana do podcast “Que negócio é esse, Sebrae?”.

O convidado para essa conversa sobre o mercado de luxo é Manoel Bernardes, empresário mineiro e presidente da rede de joalherias que leva o seu próprio nome. Durante o bate-papo com a analista do Sebrae Minas Kênia Cardoso, Bernardes fala os motivos que levaram ao crescimento deste nicho de mercado, o perfil dos consumidores e as oportunidades para pequenos negócios que desejam investir neste segmento.

Saiba ainda como as empresas desse mercado estão se adaptando ao ambiente on-line, por que as pessoas estão valorizando mais a personalização, exclusividade e qualidade, a importância do consumo consciente e como potencializar as vendas e atrair mais clientes.

2º temporada

O mercado de luxo é um dos setores, segmentos e nichos que terão destaque na 2º temporada do podcast do Sebrae Minas. Com novo formato, que une experiência e conhecimento, os episódios trazem a visão de um empresário mineiro e as dicas de um analista do Sebrae Minas. Muita informação na dose certa para quem quer empreender, enfrentar as dificuldades, aproveitar as oportunidades e se adaptar às mudanças do mercado.

Confira outros episódios desta temporada que já estão disponíveis para download gratuito nas principais plataformas de áudio: beleza, alimentação fora do lar, pet, construção civil, comércio varejista, turismo, economia criativa, artesanato, startup, saúde e bem-estar, agronegócio, automotivo, orgânicos, educação e moda.


0 comentário

Deixe uma resposta

error: